OBESIDADE: TRATAMENTO

Quem está indicado para o tratamento cirúrgico:

• Pacientes com IMC acima de 40, ou
• Pacientes com IMC acima de 35 que possuem co-morbidades médicas.

Além do IMC propriamente dito, é importante o diagnóstico específico para cada paciente e a observação às demais condições restritivas:

• Pessoas que não são dependentes de drogas ou álcool;
• Pessoas que não obtiveram sucesso em tratamentos clínicos anteriores;
• Pessoas entre 18 e 65 anos de idade;
• Pessoas com capacidade de compreender e de cooperar com as mudanças do estilo de vida no pós-operatório;
• Pessoas que não são portadoras de nenhuma doença ou condição que contra-indique a cirurgia.

Sistema Digestório Humano

1. Esôfago
2. Abdômen
3. Estômago
4. Piloro
5. Duodeno
6. Jejuno
7. Íleo
8. Intestino Grosso
Além disto, toda pessoa que pretende se submeter ao tratamento cirúrgico da obesidade tem que estar ciente dos riscos e consequências de uma intervenção cirúrgica de tal porte. É muito importante mencionar que a cirurgia não é recomendada por motivos estéticos: é uma cirurgia radical, que pode ser definitiva e ter consequências nos hábitos cotidianos. O objetivo dela é tornar a vida do paciente mais saudável e mais longa.

Seus melhores resultados estão relacionados com a participação ativa dos pacientes, evitando o consumo excessivo de alimentos hipercalóricos e aumentando o gasto energético com exercícios físicos orientados.

Reuniões | Depoimentos | Telefone: 31 3292.5929 | 3337.2000